ecbahia.com

é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Baiano

Publicada em 03 de abril de 2018 às 17h35

Vice de Ednaldo, Ricardo de Lima é eleito novo presidente da FBF

Ricardo Nonato de Lima vai assumir a FBF a partir de 16 de janeiro até 2023

Victor de Freitas

2018-04-03-17-32_capafbfricardodelima
Fonte: Divulgação/FBF

A Federação Bahiana de Futebol (FBF) terá um novo presidente a partir de janeiro de 2019. Será Ricardo Nonato de Lima, atual vice-presidente da gestão Ednaldo Rodrigues.

Em eleição realizada nesta terça-feira (03), no Wish Hotel da Bahia, em Salvador, Ricardo de Lima foi eleito por aclamação como único candidato a ter inscrito chapa - chamada de "Modernidade e Serenidade para o Futebol Baiano". Seu vice-presidente é Manfredo Lessa.

Opositor declarado, o advogado Ademir Ismerin chegou a acionar a Justiça, nesta última segunda-feira, para buscar uma liminar que adiasse a eleição desta terça. O motivo seria o pouco tempo hábil para realizar sua inscrição - o edital de convocação foi aberto na última quarta-feira (28). A ação foi indeferida e o pleito ocorreu normalmente.

O mandato de Ricardo de Lima será válido entre 16 de janeiro de 2019 até 16 de janeiro de 2023. Já Ednaldo Rodrigues será candidato à vice-presidência do Nordeste na Confederação Brasileira de Futebol (CBF), em chapa única com Rogério Caboclo.

BELLINTANI APROVA TROCA DE COMANDO

Em entrevista ao Programa do Esquadrão, o presidente tricolor Guilherme Bellintani afirmou ver com bons olhos troca de comando na Federação Bahiana de Futebol e elogia as chegadas de Ricardo de Lima e Manfredo Lessa ao comando do futebol da Bahia.

"O Bahia já tinha se manifestado. Tinha falado isso há cerca de dez dias atrás, onde nos posicionamos sobre a candidatura de Ednaldo, que vem há anos na frente na Federação. Nada contra Ednaldo, que trata o Bahia da melhor forma possível, mas conversei com ele que via com certa resistência uma continuidade dele na Federação. O Bahia tem construído uma história de mudança e circulação das pessoas no poder. Sugeri a Ednaldo que ele não fosse candidato. Como um dos vices da CBF, tem outra atribuição, e o nome de Ricardo de Lima e de Manfredo (Lessa) foram debatidos. Gosto muito dos dois. Vemos que são nomes com uma perspectiva arejada, de mudança", disse o presidente do Bahia.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.