é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Mercado

Publicada em 06 de junho de 2018 às 15h52

Troca de técnico no Vasco melou saída de Kayke do Bahia

Atacante era um pedido de Zé Ricardo, mas troca de técnico fez o Vasco recuar

Victor de Freitas

2018-03-10-15-12_capakayke7
Fonte: Felipe Oliveira/Divulgação/ECBahia

Contestado por não desempenhar o futebol que era esperado, o atacante Kayke vive momento de esquecimento no elenco do Bahia. Sem espaço mesmo com outros centroavantes lesionados, ele admite buscar um novo clube. E sua saída não aconteceu por um triz.

Jogador conhecido por Zé Rafael, Kayke tinha acordo costurado para defender o Vasco no restante da temporada. Restava apenas a liberação do Bahia. Porém, a troca de comando no time vascaíno melou a negociação que estava prestes a ser fechada.

"Recebi o convite para ir para o Vasco e já tínhamos uma conversa avançada. Falei da minha vontade de sair do Bahia porque estava sendo pouco aproveitado. Tenho que jogar. Fiquei em campo só nove minutos no Brasileiro, queria poder ajudar mais. Surgiu a chance do Vasco, e eu já tinha dado aval, chegamos a ter um acerto. O Zé saiu e tudo voltou ao zero. Via como uma ótima oportunidade participar da reformulação do Vasco, um grande clube", disse o centroavante, ao GloboEsporte.com.

Além da mudança de comando do Bahia, a situação do atacante ficou ainda mais incerta devido a demissão de Guto e a indefinição quanto ao próximo técnico tricolor. O próprio Zé Ricardo é um dos nomes especulados para assumir o Esquadrão de Aço.

"O Guto saiu, e minha situação é essa. As coisas regrediram com o Vasco e ainda tem a situação de não saber quem vai comandar o Bahia. Estou pronto para dar meu melhor. Falei com a comissão que assumiu interinamente e me coloquei à disposição. Preciso ver o que o clube pensa para mim", concluiu.

Kayke tem 14 partidas disputadas e apenas um gol no Bahia. Sua melhor fase aconteceu no ABC, quando anotou 18 gols em 34 jogos, em 2015. No mesmo ano, jogou pelo Flamengo.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.