é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Baiano

Publicada em 22 de fevereiro de 2018 às 19h29

Procurador do TJD-BA protocola denúncias de casos do Ba-Vi

Edson, Rodrigo Becão, Lucas Fonseca e Vinícius foram os únicos tricolores denunciados; procurador pede exclusão do Vitória

Victor de Freitas

2018-02-19-11-54_capabaviconfusao
Fonte: Felipe Oliveira/Divulgação/ECBahia

Nesta quinta-feira (22), o procurador Hermes Hilarião, Tribunal de Justiça do Futebol da Bahia (TJD-BA), protocolou suas denúncias para que sejam julgados em primeira instância incidentes ocorridos no Ba-Vi disputado no estádio do Barradão, neste último final de semana. Dentre as denúncias, a que mais chama atenção é o pedido de exclusão e rebaixamento do Vitória no Campeonato Baiano.

O pedido de exclusão do Vitória se dá pelo motivo de que o procurador Hermes Hilarião entendeu a quinta expulsão do time rubro-negra tendo sido provocada de maneira deliberada, com o objetivo de encerrar o jogo antes do 90 minutos. O abandono da partida causou prejuízos a outros clubes dentro do campeonato.

"Na nossa avaliação, o Vitória, através de seus atletas, do técnico Vágner Mancini e do supervisor Mário Silva, resolveu dar ensejo ao término da partida de forma proposital, intencional. Isso gerou prejuízo desportivo ao Jequié e ao Flu de Feira porque o campeonato está em fase de pontos corridos. Em razão desse prejuízo a terceiros, o Vitória, em razão do art. 205, parágrafo II do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, merece ser desclassificados do Campeonato. O fundamento do rebaixmneto, por tudo o que falei, pela conduta antidesportiva, com base no Código Disciplinar da Fifa, que se aplica ao Campeonato Baiano, em razão do seu próprio regulamento, do art. 79, item II, entendemos que merece tambem ser rebaixado", explicou Hilarião, ao globoesporte.com.

Além do clube, o procurador também protocolou denúncias contra oito jogadores, o técnico e o supervisor de futebol do Vitória.

Já contra o Bahia, foram protocoladas denúncias contra quatro jogadores (Edson, Rodrigo Becão, Luacs Fonseca e Vinícius).

Confira as denúncias feitas contra cada um dos envolvidos:

-- O Vitória foi denunciado por "provocar suspensão do jogo causando prejuízo desportivos a terceiros". A pena seria desclassificação e rebaixamento à segunda divisão estadual, além de multa de até R$ 100 mil.

-- O técnico Vagner Mancini, o supervisor de futebol Mario Silva e os jogadores Bruno Bispo, André Lima e Ramón (todos do Vitória) foram denunciados no Art. 258, por ferir a ética desportiva ao participar do ato de suspender o jogo deliberadamente. A pena poderá ser suspensão por 1 a 6 jogos.

-- Os jogadores Yago, Denílson, Rhayner (Vitória), Edson e Rodrigo Becão (Bahia) foram denunciados no Art. 250, por agressão. A pena poderá ser suspensão por 4 a 12 partidas.

-- Kanu foi denunciado nos Art. 254-A c/c e Art. 243-C, por agressão e ameaça. A pena poderá ser de R$ 100 a R$ 100 mil, além de suspensão por 4 a 12 jogos.

-- Lucas Fonseca e Fernando Miguel foram denunciados no Art. 250, por ato hostil. A pena poderá ser suspensão por 1 a 3 jogos.

-- Já Vinícius foi denunciado no Art. 258-A, por comemorar com gestos obsecenos. A pena poderá ser a suspensão por 2 a 6 partidas.

O resultado do jogo não sofreu denúncia por parte do procurador. O resultado é mantido conforme regulamento de competições da CBF, interpretado pela FBF.

O julgamento em primeira instância no TJD-BA deve entrar em pauta na terça-feira (27).

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.