é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Brasileiro

Publicada em 06 de outubro de 2018 às 23h57

'Mais um escândalo', diz Vitor Ferraz sobre erros de arbitragem

Vice-presidente do Esquadrão questiona CBF após erros contra o Bahia

Victor de Freitas

2017-12-28-21-17_capavitorferraz1
Fonte: Felipe Oliveira/Divulgação/ECBahia

O Bahia empatou em 2 a 2 com o Grêmio em partida válida pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo foi marcado por uma vantagem de dois gols que o Esquadrão chegou a ter durante o segundo tempo e por erros de arbitragem que tiveram influência no empate gremista.

A arbitragem aplicou um cartão vermelho ao zagueiro Jackson aos dez minutos do segundo tempo, por um lance no qual o jogador dividiu a bola com o lateral Juninho Capixaba. Já aos 40 minutos, uma penalidade foi assinalada após Marinho cair dentro da grande área ao sentir um contato de Gregore.

Por meio de sua conta pessoal no Twitter, o vice-presidente do Bahia, Vitor Ferraz, soltou o verbo contra a sucessão de falhas da arbitragem no Brasileirão. Ele classifica os erros contra o Bahia como "mais um escândalo".

"ATENÇÃO @CBF_Futebol , mais um escândalo na arbitragem brasileira. Qual a providência que irão tomar? Vão se calar mais uma vez? Vao continuar se esquivando da implementação do VAR? O futebol brasileiro agoniza. Parabéns!", escreveu o vice-presidente.

O Esporte Clube Bahia, por meio de suas redes sociais, se manifestou oficialmente com uma publicação relembrando que votou a favor da implementação do árbitro de vídeo já nesta edição da Série A.

"O BAHIA VOTOU FAVORÁVEL AO ÁRBITRO DE VÍDEO (VAR), ANTES DO INÍCIO DO CAMPEONATO, POR CAUSA DE SITUAÇÕES ASSIM. ATÉ QUANDO, @CBF_Futebol?"

Em votação feita pela CBF no início do ano, em uma reunião com todos os clubes, o VAR foi vetado por 12 votos a 8.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.