é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Mercado

Publicada em 24 de julho de 2018 às 16h42

Kayke afirma ter sondagens de Fluminense e Vasco

Atacante diz ser desejado por dois clubes do Rio de Janeiro

Victor de Freitas

2018-03-10-15-12_capakayke7
Fonte: Felipe Oliveira/Divulgação/ECBahia

Sem agradar nas vezes em que esteve em campo e com apenas três partidas disputadas pelo Bahia no Campeonato Brasileiro, o atacante Kayke tem futuro indefinido. Enquanto se recupera de lesão muscular, o jogador admite ter conversas com outros clubes da Série A.

Segundo o centroavante, Fluminense e Vasco são equipes que estão novamente demonstrando interesse por seu futebol - tendo o time vascaíno como principal interessado. Ele afirma ter recebido sondagens destas duas equipes, mas também garante respeitar o contrato que assinou com o Bahia, válido até o final da temporada.

"Sou um dos poucos jogadores que tem só três jogos no Campeonato Brasileiro. Acho que isso acaba influenciando bastante, por conta do mercado, além de ser centroavante... Eu não completei os sete jogos, que é o limite para você se transferir para qualquer outro clube, caso seja do interesse de ambos. Acredito que, por conta disso, dentro da necessidade dos clubes, têm acontecido as sondagens. O meu empresário falou comigo em relação a esses dois times (Fluminense e Vasco). Eu vejo com bons olhos. Também frisando sempre que eu estou feliz aqui no Bahia, tenho contrato até o fim do ano. Mas conversei com meu empresário. São times do Rio de Janeiro. A gente é do Rio, eu e minha esposa. Minha esposa está grávida. Então a gente está conversando. É uma situação que ainda está no início, mas que, em um futuro próximo, se realmente vier a se concretizar, a gente vai estar falando com mais firmeza em relação a isso", afirmou o jogador, ao GloboEsporte.com.

No início de junho, Kayke chegou perto de concluir uma transferência para o Vasco, mas a trocade técnico melou a negociação que estava em estágio avançado. Um mês e meio depois, agora sob o comando de Jorginho, a equipe carioca teria manifestado mais uma vez interesse.

"O Zé (Ricardo) é um amigo de muitos anos. A gente já se conhece desde muitos anos atrás, quando eu ainda era da base. É um cara que conhece meu futebol, meu caráter, e a gente vinha conversando há um tempo. Ele já tinha feito um convite para eu ir para o Vasco anteriormente. Acabou não acontecendo. Ele me fez esse convite novamente. De fato, a gente chegou a se falar, quase acertamos. Ficou nos últimos detalhes, e ele acabou saindo do Vasco. Então tudo voltou ao zero. E agora, com Jorginho, acabou acontecendo esse novo interesse", explicou.

"A gente vê com bons olhos e fica feliz. Independentemente de qualquer coisa, são dois times grandes dentro do cenário do futebol, tanto o Vasco como o Fluminense. São times gigantes no cenário do futebol brasileiro. Por eles estarem interessados em contar com meu futebol, por mais que ainda não seja algo de concreto, a gente já começou a conversar sobre isso. Isso me motiva para que eu continue a fazer o meu melhor no Bahia. Aí a gente espera o futuro para ver como as coisas vão ficar", comentou o atacante tricolor.

Lesões no Bahia

"Acabei tendo uma lesão no adutor, numa das semifinais. Acabei tendo essa infelicidade mais uma vez neste ano. São duas contusões em semifinais, uma no estadual... Acabei torcendo o tornozelo num treino, sozinho. E, posteriormente, essa do adutor nas semifinais da Copa do Nordeste. Eu fiz um exame de imagem. Inclusive ontem constatou que eu não tenho mais a lesão, foi totalmente cicatrizada, e eu já estou em processo de transição. Já comecei a treinar com bola. Agora é aquela parte mais chata de preparar fisicamente novamente, recuperar a forma física, para estar apto a jogar o quanto antes", finalizou.

Kayke tem 17 partidas e apenas um gol marcado pelo Bahia.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.