é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 20 de outubro de 2018 às 19h57

Enderson pede elenco focado para ampliar sequência positiva

Com triunfos nos dois últimos jogos, Esquadrão vive série de quatro rodadas sem perder na Série A

Victor de Freitas

2018-10-20-19-19_capaendersonmoreira46
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Após ter passado por sua pior sequência no Brasileirão, ao ficar sem vencer por cinco jogos, o Bahia volta a estar de bem com a vida na competição nacional. Invicto há quatro jogos, o Esquadrão conquistou sua primeira série de dois triunfos seguidos nesta edição de Série A.

Após triunfos importantes sobre Paraná e Botafogo, o técnico tricolor Enderson Moreira destaca a importância de o elenco se manter focado para ampliar a sequência de jogos sem perder, iniciada no empate com o Flamengo, na 27ª rodada.

“Não dá para ficar agora comemorando muito esses três pontos, essa é uma pontuação que talvez nos tire daquele bloco de baixo, porque o campeonato é dinâmico. Tem muitas equipes que ultrapassamos agora que estavam muito na nossa frente, com pontuação maior que a nossa. A gente não tem o direito de pensar de outra forma. Concentração máxima para esses confrontos, que são decisivos”, falou o técnico.

Sobre a partida disputada no Nilton Santos, Enderson celebrou a volta do Bahia aos triunfos longe de casa e explicou a sua estratégia durante o jogo.

“Nossa equipe tem buscado isso, esse triunfo fora há muito tempo. Nos escapou contra o Grêmio, mas hoje a gente conseguiu diante de um adversário extremamente difícil. Na Sul-Americana, foi um confronto equilibrado. Qualquer uma das equipes poderia ter classificado. A gente tem que valorizar muito o resultado e continuar firme. Campeonato é difícil, equilibrado, e a gente não pode vacilar em momento nenhum. Tem que ter muita concentração. Espero que a gente consiga pegar uma sequência de bons resultados”, comemorou o técnico, que acrescentou falando sobre o jogo:

“O começo de jogo, o adversário que joga em casa tenta impor seu ritmo. Muitas jogadas criadas pelo Botafogo foram oriundas de erros nossos. Viemos com uma proposta clara de marcar os lados, onde eles são fortes. Já no primeiro tempo, criamos situações para sair na frente. Estrategicamente, foi um bom jogo. Zé tentou fazer as modificações, colocar a equipe mais ofensiva, mas a gente teve uma boa capacidade de se defender e poderíamos até ter ampliado um pouquinho numa situação de contra-ataque”, indicou.

Com ausências e retornos para este jogo, o técnico ainda perdeu seu centroavante titular. Mas, após a saída de Gilberto no intervalo, Edigar Junio entrou em campo e definiu o resultado logo em seu primeiro lance. Para o técnico, a partida mais uma vez demonstra a força do elenco tricolor.

“Não tem essa de quem é titular e quem é reserva. A gente tem um elenco extremamente capaz e temos usado da melhor forma possível. Claro que tem algumas ausências. Mas eu não gosto de lamentar ausência. Gosto de enaltecer quem está apto a participar. Espero que a gente possa continuar dessa forma até o fim”, finalizou.

O Bahia possui 37 pontos e está em 10º lugar na classificação, aguardando os resultados de Cruzeiro, Corinthians e Vasco para definir sua classificação ao final da 30ª rodada.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.