é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Brasileiro

Publicada em 15 de junho de 2018 às 18h53

Confira um balanço da campanha do Bahia em 12 rodadas na Série A

Veja dados estatísticos do Esquadrão de Aço até a pausa para a Copa do Mundo

Victor de Freitas

2018-03-17-10-44_capatime101
Fonte: Felipe Oliveira/Divulgação/ECBahia

Antes da pausa para a Copa do Mundo, 12 rodadas foram disputadas em dois meses de Campeonato Brasileiro. Na fase "pré-Copa", o Bahia fez uma campanha que decepcionou os torcedores e que o manteve na zona de rebaixamento durante o mês sem jogos da competição.

Em meio à parada no Brasileirão, o ecbahia.com separa uma série de dados estatísticos que definem a campanha tricolor na elite do futebol brasileiro até a 12ª rodada.

Confira as estatísticas mais importantes do Esquadrão de Aço na Série A:

Desempenho / aproveitamento:

12 jogos
3 triunfos
3 empates
6 derrotas
33,33% de aproveitamento

Mandante:

O Bahia é o 13º melhor mandante, com 12 pontos e um aproveitamento de 57,14% em 7 jogos.

Visitante:

O Tricolor é o pior visitante da Série A, sem pontuar e sem marcar nenhum gol em 5 jogos.

Ataque e Defesa:

4º pior ataque, com 10 gols marcados.

6ª pior defesa, com 17 gols sofridos.

Jogos sem sofrer gols:

O Bahia não sofreu gols em 4 dos 12 jogos da Série A.

Jogos sem marcar gol:

Ao lado de Ceará e Atlético-PR, o Bahia é o time que mais passou jogos sem marcar gol em 12 rodadas do Brasileirão. A equipe tricolor não balançou as redes em sete jogos.

Rodadas no Z-4:

O Esquadrão de Aço é o 3º time que mais passou rodadas na zona de rebaixamento até aqui. Esteve dentro do Z-4 em oito rodadas.

Finalizações a gol:

O Bahia é o 2º time que mais finaliza a gol no Brasileirão. Foram 159 chutes em direção à meta adversária, com 44,7% de acerto.

Entretanto, é o 4º pior na relação finalizações/gol. O time tricolor precisa de 16 chutes para marcar um gol. O melhor do ranking é o Atlético Mineiro, que precisa da metade das chances para marcar gols.

Faltas cometidas:

Em 2º lugar no ranking de faltas cometidas, o Bahia tem 222 infrações na competição - atrás apenas do Palmeiras, que já cometeu 226.

Gregore e Elton são os atletas mais faltosos do campeonato, com 46 e 37 faltas cometidas, respectivamente.

Faltas sofridas:

O Esquadrão é a 11ª equipe que mais sofre faltas, com 173 infrações ao seu favor.

Zé Rafael lidera o ranking de jogadores mais caçados, ao lado de Róger Guedes. Eles já sofreram 37 faltas na competição.

Média de público:

Devido a um início de Brasileirão negativo, o Bahia tem apenas a 11ª maior média de público, com 15.834 torcedores por partida. Em 2017, o Tricolor recebeu mais de 20 mil torcedores por jogo e terminou com a 4ª melhor média.

Artilheiros no Brasileirão:

Edigar Junio e Régis (02); e Allione, Élber, Júnior Brumado, Mena Vinicius e Zé Rafael (01).

Melhores assistentes no Brasileirão:

Élber (02); Nino, Elton, Régis, Allione e João Pedro.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.