é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Nordestão

Publicada em 07 de julho de 2018 às 19h42

Bahia passa em branco e perde título do Nordestão na Fonte Nova

Tricolor empata em 0 a 0 e vê Sampaio Corrêa ser campeão dentro de casa

Victor de Freitas

2018-07-07-19-17_capabahiaxsampaiocorrea
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Diante de um público de mais de 45 mil torcedores, o Bahia perdeu a disputa pelo título de campeão da Copa do Nordeste de 2018. Neste sábado (07), o Tricolor não conseguiu reverter a desvantagem sofrida na partida de ida e ficou apenas em um empate em 0 a 0, o que deu o título para o Sampaio Corrêa.

Com a derrota na decisão, o Esquadrão perde a oportunidade de se sagrar tetracampeão nordestino, de faturar R$ 1 milhão além das premiações já garantidas e vai iniciar a Copa do Brasil desde a primeira fase em 2019. Além de tudo, é derrotado para um time que figura entre os últimos da Série B e que disputou sua primeira final regional.

O JOGO: PRIMEIRO TEMPO COM POUCAS CHANCES DE GOL

Após sofrer uma derrota por 1 a 0 no jogo de ida, em solo maranhense, o Bahia entrou em campo com uma postura mais ofensiva e com mudanças no setor de ataque. Élber e Edigar Junio entraram como titulares, o que indicava maior poder de fogo para a equipe.

Durante a primeira etapa, o Esquadrão manteve a posse de bola em seus pés por mais tempo, mas encontrou dificuldades para invadir a defesa adversária, o que resultou em poucas finalizações antes do intervalo.

A primeira chance do Bahia na partida aconteceu aos quatro minutos de jogo. Após lateral cobrado por Léo para a grande área, o zagueiro Tiago cabeceou - mas não acertou o alvo.

Já a melhor oportunidade de gol do time tricolor aconteceu somente aos 38 minutos. Zé Rafael recebeu passe na grande área, apareceu frente à frente com o goleiro Andrey, finalizou colocado, mas parou em intervenção do arqueiro do Sampaio.

A partir daí, o Esquadrão iniciou uma pressão pelo gol ainda no primeiro tempo, que chegou perto de acontecer em falta cobrada por Régis. Em lances cruzados na grande área "boliviana", Edigar Junio quase concluiu em boas condições duas vezes, mas em ambas as oportunidades foi travado pela defesa.

SEGUNDO TEMPO: FALTA DE CRIATIVIDADE E PERDA DO TÍTULO

Com o segundo tempo em ação, o Sampaio Corrêa voltou para o jogo com o objetivo de segurar o resultado feito na primeira partida. Por sua vez, o Bahia o tinha o tempo como principal inimigo. A cada minuto de bola rolando sem gol, a apreensão tomava aumentava entre torcedores.

Em campo, os jogadores demonstravam novamente dificuldades para criar jogadas ofensivas. Após 15 minutos de bola rolando e nenhuma jogada de gol criada, Enderson apostou na entrada de Vinícius na vaga de Flávio;

Após 30 minutos sem bola na rede no segundo temo, Enderson deu suas cartadas finais. Allione e Júnior Brumado entraram nos lugares de Régis e Élber.

Na reta final da partida, a apreensão tomou conta totalmente da torcida tricolor, que pouco conseguia vibrar e gritar para apoiar a equipe. Por sua vez, os jogadores já demonstravam nervosismo com passes errados e erros no setor de ataque. Aos 38 minutos, Allione finalizou de calcanhar e fez o goleiro Andrey trabalhar sem dificuldades.

Clube nordestino com maior tradição nacionalmente e um dos maiores campeões do Nordestão, o Bahia encarava uma equipe sem tradição no torneio mais importante do Nordeste e com reconhecida inferiridade técnica diante do Esquadrão. Porém, tudo isto ficou em teoria.

Na prática, o Tricolor se igualou em desempenho ao Sampaio e criou suas melhores chances a partir dos acréscimos. Aos 46 minutos, em cabeçada defendida por Andrey e em defesa incrível do goleiro maranhense em chute de Júnior Brumado aos 50 minutos.

45 mil tricolores viram o Bahia perder o título para o Sampaio Corrêa.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.