é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Coluna

Caio Vasconcelos
Publicada em 05/03/2018 às 10h36

O jogo que vi - Bahia x Juazeirense

Meus Amigos,

Ontem no péssimo campo do estádio Adauto Moraes, o Bahia venceu mais um jogo do Campeonato Baiano, mesmo com uma atuação ruim, contra a Juazeirense.

A escalação equivocada de JP no meio, mantendo o esquema 4141, não trouxe à equipe de GF a movimentação pretendida. O camisa 22 foi uma peça nula em campo, sem dar suporte à Nino e sem chegar na frente. Além disso, Kayke errou bastante. No primeiro lance de perigo do jogo, chutou dentro da pequena área pra fora. 

Bahia era melhor no confronto. Edigar obrigou o goleiro a fazer uma grande defesa, numa boa cabeçada. depois, em boa movimentação da esquerda para a direita, o mesmo Edigar bateu forte, mas por cima do gol. O gol tricolor estava maduro. A Juazeirense pouco incomodava. Somente 2 chutes sem direção. 

Porém, a velha máxima do futebol voltou a ser aplicada. Numa jogada de ataque do Bahia, na intermediária defensiva do time da casa, Allione toca para Kayke que, num péssimo domínio, "serve" o time adversário. A bola cai no pé de Jussimar, um dos destaques do jogo, que lança em profundidade. Railan domina na entrada da área tricolor, dá um corte em LF, espera a passagem de Bruno Matos. O canhota sozinho bate rasteiro na saída de Douglas. Juazeirense 1-0. O detalhe do gol foi que Nino havia subido ao ataque, como opção pela direita e JP não fez a cobertura. O gol ocorreu exatamente por aquele lado.

O que se viu depois foi um Bahia nervoso, um pouco inseguro. A Juazeirense cresceu na partida e quase marca o segundo gol. Destaca-se ainda que Gregore e Allione tomaram cartões amarelos por chegar atrasado nas jogadas. Isso demonstra o erro de posionamento do time.

Na volta do intervalo, GF corrigiu o erro tático do time. Trouxe a formação da equipe para o 4231, com a entrada de Elton no lugar do inoperante JP e sacou Kayke para a entrada de Júnior Brumado. Com isso Allione passou a jogar mais centralizado, mais próximo ao gol. 

O que se viu na segunda parte foi o Bahia marcando no campo do adversário e o Juazeirense tentando encaixar um contra-ataque. O Bahia chegava sem muita corrdenação ofensiva. Brumado quase empata, num chute rasteiro que o goleiro Tigre fez boa defesa. O Bahia alçou muitas bolas na área, mas sem sucesso. Tigre vinha se destacando, com boas saídas do gol para cortar os cruzamentos.

O gol de empate amadurecia. Com a entrada de Régis no lugar de Allione, passou a incomodar ainda mais a zaga sertaneja. Numa jogada improvável, ele veio. Lançamento lateral de Léo para a pequena área. Grolli e Lucas Gaúcho disputam a pelota e o jogador da Juazeirense joga contra o próprio patrimônio. Bahia 1-1.

Depois disso, Novamente através do jogo aéreo, Brumado quase vira, numa cabeçada por cima. E aos 45 do 2. tempo, a estrela tricolor voltou a brilhar. Num cruzamento longo de Régis, a bola fica viva na defesa do Juazeirense. Gregore cabeceia para trás e Brumado, também de cabeça, botou ela no filó. Bahia 2-1.

Douglas - Não foi exigido. Precisa corrigir a reposição com o pé. Força muito nas laterais, quando se pode jogar com o centroavante também. Ainda mais se for Brumado, pela altura que tem.

Nino - Errou muito no apoio, mas não faltou luta. Precisa melhorar nos cruzamentos.

Grolli - Não comprometeu e brigou no 1. gol tricolor. Simples, não faz firulas.

LF - Deu alguns vacilos. Mas não deixou de lutar.

Léo - Foi pouco ao ataque. Mas fez uma partida razoável. Não comprometeu e ainda conseguiu dar uma assistência no 1. gol, através do arremesso lateral.

Gregore - Novamente o mais regular, o melhor em campo. Eficiente, duro na marcação, mas com bom passe. O único que se adaptou ao campo e jogou do jeito que podia jogar.

JP - Uma lástima. Sem qualquer função ou atitude no campo. Parece desinteressado.

Allione - Não fez um bom jogo, apesar de alguns bons lampejos. Precisa jogar mais perto do gol. Nesse esquema de GF (4141) não terá vez. 

Élber - Esforçado, brigou por todas as bolas. Não comprometeu. 

Edigar Junio - Fez um bom 1° tempo, atuando na esquerda. No 2° tempo, atuando pela direita, caiu de produção. Mesmo assim, foi um dos melhores em campo.

Kayke - Errou tudo que podia. Precisa sair do time, ser preservado pelo treinador, pois está em má fase.

Élton - Atuação discreta. ajudou na marcação, fechando os espaços. 

Régis - Entrou e deu mais mobilidade ao ataque. Encostou mais nos atacantes,  entrando na área.

Brumado - Lutou muito, teve chances e fez o gol da virada. Merecedor, pela entrega em campo.

GF - Precisa repensar esse esquema 4141 com urgência. Laterais muito avançados, meio aberto, Gregore sobrecarregado. Precisa voltar a compactar o time, com menos espaços entre as linhas. 

Outras colunas
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.