é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Coluna

Caio Vasconcelos
Publicada em 08/03/2018 às 01h58

Minha Análise - Bahia 6 x 1 Jequié

Meus Amigos,

Nesta noite quente do verão soteropolitano, o Tricolor de Aço fez sua melhor partida no ano.

Jogando desde o início com marcação alta, pressionando a saída de bola do adversário, marcou logo no início da partida. Em uma falta bem cobrada pela direita por Vinícius, Zé Rafael apareceu de surpresa no segundo pau e testou forte, sem chances para o goleiro da ADJ. Bahia 1-0. O detalhe do gol é a movimentação de Zé Rafael, que apareceu completamente sozinho para testar sem chances. Jogada bem trabalhada do ataque.

Logo depois, em outro lance bem trabalhado, Régis achou JP pela direita. O jovem lateral sofreu um toque do zagueiro, sendo assinalado um pênalti questionável. Na cobrança, Vinícius bateu com categoria. Bahia 2-0, em 08 minutos de jogo. Detalhe que até este momento a ADJ sequer havia chegado ao ataque.

Diferente de outras partidas em 2018, quando a equipe desacelerou e passou a “controlar” o jogo, realizando jogos chatos e sem emoção, nesta noite a equipe de GF continuou pressionando bastante, em busca de mais gols. Élber, Brumado e Régis tiveram chances claras para ampliar o placar, sem sucesso. O terceiro gol tricolor estava maduro. E ele veio com Becão, após excelente cobrança de escanteio de Vinícius. O zagueiro tricolor subiu no 3º andar e testou sem chances para o arqueiro. Bahia 3-0.

Logo após o gol tricolor, numa falha do próprio Becão, que quis driblar na lateral, perdeu a bola e cometeu uma falta boba, o Jequié diminuiu. Cruzamento na área e num desvio traiçoeiro, a bola foi morrer no filó. 3-1. Não achei falha de Douglas, mas não pareceu ser indefensável o lance.

O time continuou criando chances de gol, com boa movimentação de Zé Rafael, Régis, Élber e Vinícius. Em boa jogada de Élber, Léo foi no fundo e cruzou rasteiro. Régis furou o chute, já dentro da área.

Ainda na primeira etapa, mais 2 lances de destaque. Uma boa cobrança de falta do Jequié, que tirou tinta da trave e uma boa jogada tricolor, onde Douglas lançou Brumado, que raspou de cabeça e achou Zé Rafael. O Camisa 10 tricolor bateu de canhota obrigando o goleiro a mais uma grande defesa. Fim da primeira etapa. Bahia 3-1.

No segundo tempo o Bahia voltou com a presença de Nino no lugar de JP, que sentiu uma lesão. E a avalanche tricolor continuou.

Em mais uma boa jogada de Élber, que driblou o marcador e foi no fundo cruzando para trás, Brumado quase marcou, obrigando o goleiro a uma bela defesa.

Depois, Nino fez grande jogada e cruzou pra trás. Edson dominou e bateu forte, na trave. Esse por sinal foi o último lance de destaque do Cangaceiro Tricolor, pois sentiu a coxa e precisou ser substituído por Nilton.

Além dessa alteração, GF promoveu a entrada de Elton no lugar de Zé Rafael. Com isso, o esquema do 4141 foi levemente alterado para o 4231, mas sem cair a qualidade do jogo tricolor. A prova disso é que Brumado fez boa jogada, após passe de Nilton, cortando 2 marcadores e carimbando a trave. No rebote, Nilton também acertou a trave.

O 4º gol tricolor estava nascendo e foi assinalado por um dos melhores em campo. Nino fez mais uma boa jogada pelo lado direito, cortou para a canhota e fez um golaço de fora da área. Bahia 4-1.

Ainda teve tempo de outro belo gol. Em mais uma boa jogada de Régis, o canhota achou Vinícius na entrada da área que, de primeira, bateu no canto, sem chances para o goleiro, coroando a sua belíssima atuação. Bahia 5-1.

No fim, ainda deu tempo de Brumado deixar o dele. O garoto aproveitou a boa jogada entre Nino e Régis e, no rebote do goleiro, fechou a goleada. Bahia 6-1.

Douglas – Não foi testado. O desvio no gol do Jequequé pareceu defensável.

JP – Foi bem enquanto esteve em campo. Sofreu o pênalti e fez boas combinações com Régis e Zé Rafael.

Becão – Fez uma boa partida, coroada com um belo gol de cabeça. Vacilou na falta que originou o gol da ADJ. Pecou pela confiança em sair driblando.

Grolli – Excelente partida. Simples e prático. Bom senso de cobertura e boa saída de bola, com passes precisos.

Léo – Melhor partida no ano. Jogou muito bem, partido pra cima, com desenvoltura. Foi ao fundo, fez uma boa combinação com Élber e Vinícius.

Edson – Vinha bem até a lesão.  Bem posicionado, foi sempre uma peça importante na saída de bola e no desarme do adversário. Ainda carimbou a trave. Vai ajudar muito esse ano.

Vinícius – O melhor em campo. Fez uma grande partida, com muitos passes precisos, boa movimentação e controle total da partida. O dono do time. Além das assistências para gol, marcou duas vezes (um golaço), distribuiu o jogo e coordenou a transição ofensiva do time. Matou a pau.

Zé Rafael – Deslocado para atuar pelo lado direito do meio campo, em alternância de função com Régis, fez sua melhor partida no ano. Muito bem no 1º tempo, com um belo gol de cabeça e infiltrações interessantes, foi um dos mais regulares até ser substituído.

Régis – Fez uma grande partida. Muito participativo, entrando na área, criando situações de perigo, participou de três dos seis gols. Merece a titularidade.

Élber – Uma grande atuação. Muito participativo, sempre dando opções pelo lado esquerdo, em boas combinações com Léo e Vinícius, criou várias situações que deram trabalho a defesa adversária. Quase marca um gol, mas o goleiro praticou uma grande defesa. Mereceu a oportunidade recebida.

Brumado – Começou um pouco tímido, mas foi melhorando durante a peleja. Fez uma bela jogada que acabou na trave e no fim deixou o dele. Merece a calma da torcida e novas oportunidades. Não está pronto ainda, visto que tem somente 18 anos. Mas se for bem trabalhado, poderá ser um jogador de destaque.

Nino – Entrou no intervalo e ofuscou a boa partida de JP. Jogou muito bem, sempre com velocidade e objetividade. Fez um golaço e criou inúmeras jogadas de perigo. Merece a titularidade e, junto com Régis, foi um grande problema para a defesa da ADJ.

Nilton – Entrou bem na partida. Sempre com passes precisos fez uma boa jogada que Brumado finalizou na trave e voltou para ele também carimbar o poste. Irá ajudar muito, pela tranqüilidade e pelo bom passe.

Elton – Entrou e não comprometeu.

GF – Jogou junto com o time. Boa participação, com leitura interessante do jogo. Gritou muito na beira do campo, cobrando os jogadores a todo instante. Um Guto diferente dos últimos jogos. Deu um padrão tático interessante, com a alternância de Zé Rafael e Régis.    

Outras colunas
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.