é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Coluna

Caio Vasconcelos
Publicada em 27/05/2018 às 22h55

Minha Análise - Bahia 3x0 Vasco

Meus Amigos,

Hoje, em tarde chuvosa na capital baiana, o Esquadrão de Aço foi competente e venceu um frágil Vasco por 3-0. A equipe tricolor começou com praticamente a mesma equipe que jogou na quarta feira contra o Blooming, apenas com a entrada de Mena no lugar de Léo.

Desde o início da partida o Bahia rodou a bola, buscando principalmente com JP e Elber as jogadas ofensivas. Entretanto, diferente da partida contra os bolivianos, Brumado e Vinicius pouco apareciam, não dando a sequência esperada das jogadas. Foram poucas finalizações a gol.

Na retaguarda a defesa vinha bem, apesar dos 2 sustos de Gregore, que “espirrou o taco” perto da área tricolor. O Vasco pouco assustou, só dando trabalho em cruzamentos, quase todos cortados pela defesa.

A melhor oportunidade do Bahia foi numa jogada de Vinicius, que finalmente saiu da área e achou Elber entrando em profundidade. O aniversariante do dia saiu “de cara com o goleiro” mas demorou demais para concluir o lance, sendo travado já dentro da área.

Além disso, numa jogada praticamente perdida, Mena dividiu com Fernando Miguel e a bola sobrou para Elton na entrada da área. O camisa 17 arriscou mas não acertou a meta vascaína.

Do primeiro tempo, ainda cabe destacar a quantidade de erros nos cruzamentos, principalmente de Zé Rafael, JP e Vinicius. Além disso, o nervosismo em excesso do time, principalmente de Brumado, pelas marcações equivocadas do árbitro, devido à ausência de cartões aos jogadores cariocas, chamou a atenção. E por fim, a desatenção de Brumado num lance onde estava impedido e poderia ter tirado o zero do placar.

Na segunda etapa o cenário se manteve igual até a primeira alteração. Antes, como destaque, somente um chute de Vinicius para fora.

Quando a placa indicando a entrada de Régis apareceu, 99% da Fonte Nova vaiou ou pelo menos ficou sem entender a alteração. GF tirou Brumado, o centroavante, para por o Maradoninha Tricolor, que é um meia atacante. Este que vos escreve foi um dos que criticou a alteração.

Entretanto, a alteração mostrou acertada. Ele deixou Vinicius como um falso 9, com Regis solto pelo lado direito e com Elber revezando. A troca de posições constante foi a característica do primeiro gol. Régis achou JP. O lateral passou como quis pelo cansado Fabrício e cruzou.Elber fechou na linha da pequena área e completou. Bahia 1-0, somente 4 minutos após a entrada do camisa 20.

O Bahia passou a dominar o Vasco e botar o adversário na roda. Zé Rafael, que não vinha bem, prendendo demais a bola, cresceu bastante e passou a ser um dos parceiros de Régis. Numa das boas tramas do ataque, Vinicius e Régis tabelaram. O canhota achou Zé Rafael que acertou um lindo chute no travessão.

O Bahia era soberano. Régis infernizou a defesa carioca, com passes e dribles desconcertantes. Quase marcou um golaço, com um corte e chute tirando tinta da trave.

Logo depois, Regis novamente achou Zé Rafael. O Camisa10 invadiu a área, driblou o goleiro e fez 2-0 aos 42 minutos.

Ainda teve tempo para mais um gol tricolor. Gregore antecipou o passe e serviu Allione pela esquerda. O Argentino entrou na área e, sem ser fominha, serviu Regis para ele fazer o 3-0, merecedor pela segunda parte da equipe e pela alteração de GF.

Anderson – Causou um certo calafrio no primeiro tempo, ao não cortar um cruzamento fácil. No mais, foi um mero espectador.

JP – Fez uma bela partida, sempre como opção pela direita. Na primeira parte foi ao fundo 2 vezes mas não conseguiu cruzar com perfeição (muito pelos passes esticados de Elber). Na segunda parte, deu um passe açucarado para Elber abrir o placar além de ter sido eficiente na marcação.

Tiago – Voltou com segurança. Muito boa partida do capitão, sempre jogando simples e sem complicar.

LF – Grande partida do camisa 28. Ganhou todas as divididas, por cima e por baixo. Um partidaço.

Mena – Apesar de ter características diferentes do titular, foi muito bem. Sempre dando opção para sair jogando, quase não errou passes. Seguro na marcação, anulou Kelvin e depois Paulo Vítor. Bela partida do Chileno.

Gregore – Começou mal, com 2 deslizes ao tentar cortar bolas perto da área. Depois, cresceu muito, sempre roubando bolas e servindo os companheiros. Boa partida.

Elton – Apesar de não ser o queridinho da torcida, fez uma bela partida. Sempre dando opção de passe, Marcou e atacou bem. Não deixou o meio campo do Vasco jogar.

Vinicius – Esteve escondido entre os defensores do Vasco a maior parte do tempo. Somente com a entrada de Régis, passou a aparecer mais e se destacar. Se jogar nesse esquema, sem centroavante fixo, talvez seja interessante para partidas fora de casa.

Elber – Parabéns ao aniversariante do dia. Não só pelo gol, mas pela boa partida e principalmente pela volta por cima. No início do ano era execrado pela torcida. Hj foi um dos melhores em campo. Partiu pra cima do fraco lateral Fabrício e deitou e rolou. Precisa abrir mais o campo, pois muitas vezes se posiciona por dentro, querendo armar as jogadas. Pode ser um homem surpresa pela velocidade e drible que tem.

Zé Rafael – Não teve uma boa atuação na maior parte da partida. Apesar da luta e entrega absurda, prendeu muito a bola e errou passes e cruzamentos. Com a saída de Brumado, passou a jogar mais solto e fez uma linda jogada que terminou no travessão. Depois, em jogada quase idêntica, driblou Fernando Miguel e marcou mais um gol.

Brumado – Não foi bem. Brigou muito, mas caiu na provocação da defesa do Vasco. Além disso, esteve desatento mais uma vez ao ficar em impedimento num lance onde poderia ter aberto o placar. Tem qualidades, mas precisa trabalhar posicionamento e arranque, para ter mais força para se desvencilhar de zagueiros fortes.

Flávio – Entrou para fechar o lado esquerdo, auxiliando Mena. Foi bem, além de ter sofrido a falta da expulsão do atleta do Vasco.

Allione – Entrou bem, servindo Ze Rafael no lance que Regis tirou tinta da trave e depois com a assistência para o terceiro gol. Ele precisa ter mais sequência de jogos. Vai nos ajudar muito.

Régis – O cara da partida. Entrou e mudou o jogo. Jogou demais. Gol, assistência e vários dribles e passes de quem é diferenciado. GF que ache um jeito de por ele no time. Jogador bom tem que estar em campo.

GF – Hj está de parabéns! Leu o jogo e fez a alteração que ganhou a partida. Mostrou que conhece muito bem o elenco e que não é somente um mero entregador de camisas. Espero que essa partida seja um divisor de águas na relação com a torcida, para que sejamos ainda mais vitoriosos!

Outras colunas
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.