é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Coluna

Caio Vasconcelos
Publicada em 16/04/2018 às 14h44

Minha Análise - Bahia 0 x 2 Internacional

Meus Amigos,

Ontem no Gigante da Beira Rio, na estréia do Brasileirão 2018, o Esquadrão de Aço foi facilmente abatido pelo Internacional por 2-0.

A equipe considerada titular, que teve parte dos atletas poupados da viagem à Bolívia pelo desgaste de jogos, não demonstrou praticamente nada em 90 minutos.

Um jogo lento, apático, desinteressado e com muitos erros de passe e de concepção de jogo.

É importante destacar aqui a quantidade absurda de chutões da zaga e dos laterais para Edigar Junio, da ausência de triangulações e aproximações por parte dos meias, dos erros crassos da defesa em lances perigosos do adversário e principalmente, da falta de coragem dos principais jogadores da equipe, que quase nada produziram.

Ontem foi um partida com um adversário de mesmo nível que o nosso, com peças de qualidade equivalente, mas que tiveram um diferencial: O Inter correu atrás, marcou, lutou por cada palmo de campo e o Bahia foi permissivo, frouxo no confronto.

A vontade fez a diferença ontem, claramente. Mesmo já com o placar em 2-0, o Inter continuava tentando o gol e o Bahia, visivelmente torcia para o término da partida.

Do pouco que pode se observar do time tricolor, destacamos que Elton, Gregore e Vinícius, mesmo poupados na quarta-feira, foram nulos em campo. Não entendi porque GF mexeu nas pontas e não no meio, onde o problema era mais gritante.

Agora é buscar o triunfo contra o Santos, para recuperar logo e não perder muito espaço na tabela de classificação.

Douglas - Fez o que pode. Talvez no 1. gol tenha calculado errado a saída do gol.

Nino - Muito isolado, fez uma partida muito ruim. Tentou resolver sozinho e errou todas as jogadas.

Tiago - Fez uma partida razoável. Não foi dos piores.

Grolli - Uma partida abaixo da crítica. Errou tudo que tentou. Falhou nos 2 gols. Com certeza o posicionamento está influenciando. Sempre jogou pelo lado direito da defesa. Joga torto, sem confiança.

Léo - Muito isolado, ainda tentou alguns lances com relativo sucesso. Um dos poucos que se salvaram.

Elton - Pior em campo do Bahia. Andou o jogo inteiro. Deixou D'Alessandro jogar com muita liberdade, com espaços absurdos. Errou tudo que fez. Nitidamente prejudicou o time, pois foi um a menos em campo.

Gregore - Mal na saída de bola e mal na marcação. Partida bem abaixo do que vinha jogando.

Vinícius - Não entrou em campo. Sumido, Não correu, não armou o time, não fez nada. Juntamente com Élton, foi um a menos em campo.

Zé Rafael - Boa partida, apesar de estar muito recuado. Buscou o jogo, criou algumas poucas chances.

Marco Antônio - Atuação apagada. Mal dominava e já queria se livrar da bola. Faltou personalidade para partir pra cima do fraco lateral direito do Inter.

Edigar - Jogou sozinho, sempre isolado. Não recebeu uma bola em boas condições para chutar.

Régis - Entrou e pouco produziu. Porém, é mais ofensivo que Vinícius.

Allione - Entrou perto do fim mas pouco tocou na bola. .

Júnior Brumado - Entrou até bem, prendendo a bola, mas foi prejudicado pelo péssimo dia do time como um todo.

Outras colunas
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.